O problema de ser uma pessoa motivada.

Motivação, segundo o dicionário Michaelis, significa "Série de fatores, de natureza afetiva, intelectual ou fisiológica, que atuam no indivíduo, determinando-lhe o comportamento". Sua etimologia pode nos revelar, ainda, algo surpreendente: Motivar + Ação. Ou seja, a motivação é um sentimento que nos leva a ação, nos faz sair do ponto de inercia, é aquele sentimento que nos faz sair da zona de conforto, ir em busca de algo.


Você deve estar pensando, "Mas Gabriel, o que há de errado em ser uma pessoa motivada?".

Como eu já disse, a motivação é aquele sentimento que te faz sair da zona de conforto, entretanto, não é ela que fará que continue sua jornada, seja qual for ela. A motivação é algo estritamente ligado ao subconsciente emocional e, para qualquer ser humano, o estado emocional varia a cada dia, dependendo das circunstâncias que nos ocorrem, fazendo com que no dia X você se sinta a pessoa mais motivada do mundo, e no dia seguinte não sinta vontade nem de levantar de sua cama. Esse é o perigo da motivação, ela é inconstante, variável, volátil, toda pessoa que depende somente da motivação para executar determinado projeto, uma hora irá desistir.


Mas então, já que a motivação, por si só, não me ajudará a alcançar meus objetivos, o que devo fazer? É neste momento que entra uma outra palavra, de etimologia semelhante, a determinação (determina + ação).


Em sua vida cotidiana, você já deve ter prestado a atenção no que o verbo determinar pode significar, e em grande parte dos casos, ele é utilizado para demonstrar que algo foi definido e não se pode voltar atrás, "foi determinado pelo juiz a pena de...". E a determinação parte do mesmo pressuposto.


Mas então, como deixar de ser uma pessoa apenas motivada, e ser uma pessoa motivada e determinada? Como já disse, a motivação parte de um estado emocional, um sentimento, já a determinação, podemos dizer, é a evolução da motivação, ela vem à partir da construção de hábitos, que, pela repetição, tornam-se algo comum em seu dia-a-dia, sem que haja a necessidade de um sentimento que o mova em direção ao seu objetivo.


Para ficar mais claro, pense na motivação como a 1ª marcha de um carro, ela é usada para arrancar com o carro, tirá-lo do estado de inércia e colocá-lo em movimento, e ela é ótima para essa função. Porém, é impossível ir muito longe com o carro nesta marcha, pois a energia - combustível - consumida seria enorme, então é neste momento que aumentamos a marcha, pois o carro já está em movimento, e quando se está em movimento, é preciso menos esforço para manter o movimento, do que para se iniciar o movimento partindo do zero.

Essa é a determinação, é algo que já está enraizado em seu subconsciente, algo que você fará, independente de seu estado emocional, de sua motivação, pois você estará determinado a cumprir certo propósito, você tem seus objetivos claros e não irá desistir pelas circunstâncias que o envolve.


Mas então, como faço para ser uma pessoa determinada? Tenha em mente seus objetivos de forma clara, e principalmente, tenha metas, etapas e processos bem definidos para poder alcançar seu objetivo, e trabalhe em cima deles, motivado ou não, com vontade ou não, até que se torne um hábito, e não dependa, exclusivamente, da motivação.

O caminho para o sucesso, ao contrário do que se pensa, não é uma corrida de 100 metros, ela é uma ultramaratona, que quem ganha não é o que largou mais rápido, é o que manteve o ritmo até o fim e não desistiu, não se distraiu com as coisas que não importavam, quem vence é aquela pessoa que tem o foco no objetivo, essa pessoa será capaz de superar qualquer obstáculo para cruzar à linha de chegada.


Por: Gabriel Felipe


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo